AMAA Somos uma Missão não governamental formada por dois projetos missionários.

Para onde vão as Nações?

Para onde vão as Nações?

     Durante muitos séculos os povos de todo mundo esteve preocupados cada um com sua cultura, seus costumes e suas crenças, porém, temos visto algo crescendo em meio a todas as tribos e nações da terra, um questionamento que tem surgido em diversos corações, mesmo em meio as mais diferentes línguas:

     "Para onde Iremos?"

     No decorrer da história encontramos homens e mulheres buscando uma resposta para o verdadeiro propósito da vida ou querendo saber de onde viemos. Buscamos resposta para todos esses questionamentos em todos os lugares, sejam dentro ou fora da terra. Mas o que tem tirado o sono e feito muita gente se preocupar é o fato de não saber exatamente para onde iremos depois que tudo aqui se acabar para nós. Como saberemos de algo que ainda não aconteceu?

     Para entender o que queremos abordar aqui é preciso voltar um pouco no tempo e chegar até um lugar próximo ao Mar de Tiberíades, na região de Cafarnaum, onde o Senhor Jesus havia a pouco multiplicado apenas cinco pães e dois peixes e assim alimentado mais de cinco mil homens, sem contar as mulheres e crianças (alguns dizem que haviam mais de vinte mil pessoas naquele lugar!). Foi nesse lugar que grande multidão correu até Jesus para ouvi-Lo e se alimentar, mas as coisas não saiu bem como o povo pensou.

     Ao encontrar o Senhor, Ele percebeu qual era  verdadeiro intento do coração do povo, sabia que eles não estavam ali para buscar realmente o que Deus queria revelar as pessoas e pelos sinais, mas sim, pelo fato de terem comido o pão e enchido a barriga! A vista disso, Jesus os repreendeu e disse que o que eles deveriam era crer naquele que havia enviado o Messias para dar a vida eterna ao mundo, pois ELE é o verdadeiro Pão da Vida, se alguém quiser ter parte com Ele deveria participar de seu corpo que representa o pão enviado pelo próprio Deus, e não o maná do deserto que alimentava apenas o corpo físico. Quando ouviram essas palavras, alguns murmuravam e outros decidiram abandonar a Jesus e não segui-Lo mais (João 6:22-65).

     Essa é uma passagem muito conhecida por nós cristãos, mas após isso o Mestre questiona os doze que Ele havia separado se os mesmos também não gostariam de seguir a multidão e se retirarem. É nesse momento que Pedro (sempre o Pedrão!) toma a palavra e diz: "Senhor, para quem iremos nós? Só Tu tens as palavras de vida Eterna!" (João 6:68).

     Que palavra! Que revelação!

     É nesse plano de fundo que podemos entender a profundidade desse questionamento. Quando Pedro declarou ao nosso Senhor que somente ELE tem as palavras de vida eterna, o discípulo sabia que independente do que tivesse pela frente, só havia UM que poderia ter a resposta correta. Ninguém além do próprio Jesus poderia responder a esse questionamento que nos assola hoje em dia.

     Nós que somos crentes em Jesus e conhecemos o plano da salvação que o Eterno nos tem preparado entendemos que esse tipo de questionamento não nos assusta em nada, pelo contrário, esperamos a volta do Senhor a qualquer hora, e tomara que ELE volte agora mesmo! Que grande momento será para todos nós quando nos encontrarmos com o Salvador nas alturas!

     Mas e todos aqueles que não conhecem a Jesus? Talvez na sua cidade ou país o nome de Jesus seja conhecido por todos, mas será que todos estão seguindo ao Senhor assim como os doze estavam naquele dia? E como será em relação as tribos escondidas em meio às florestas ao redor do mundo? Como será com os povos que ainda não ouviram falar do Seu grande nome e de seu imenso amor e sacrifício redentor?

     Gostaria de te levar a pensar sobre o que aconteceu com aquelas pessoas que estavam com Jesus naquele dia e acharam seu discurso duro de mais, resolveram ir embora e não voltaram mais. O que aconteceu com essas pessoas? Para onde foram? Apenas voltaram para suas casas e para suas antigas vidas?

     Como seria se Jesus tivesse voltado ontem? Onde estaríamos agora?

     Sim, eu sei, são muitas perguntas. Eu só quero poder levar você a uma profunda analise de vida, seja da sua própria ou daquela pessoa que você conhece que ainda não serve a Deus. Nós que cremos no Salvador e sabemos que Ele vem nos buscar como sua noiva para subir e encontrar com ele nas alturas temos a certeza que será muito melhor que tudo isso que vivemos aqui. Mas sabemos também de todo sofrimento e dor que está reservado para aqueles que não têm suas vidas entregues ao Pai. 

     Quão grande alegria nos aguarda naquele dia, mas quão grande juízo aguarda aqueles que não tiverem a mesma oportunidade que nós de se arrepender e confiar em Jesus, aqueles que nunca ouviram falar que existe uma saída para todo o sofrimento que está por vir. A vida não é um beco sem saída onde no final você vai bater contra o muro em alta velocidade, existe uma grande esperança de estar durante toda eternidade em um lugar que "nem olhos viram, nem ouvidos ouviram e que jamais penetrou no coração humano", tamanho é sua grandeza!

     Não podemos deixar que milhões de pessoas continuem todos os anos vivendo e morrendo sem saber que existe uma outra opção de vida, se ja a vida terrena ou a vida eterna. As milhares de tribos, línguas, povos e nações da terra precisam ouvir que existe uma Salvação. Eles precisam saber que a condenação é uma opção e não a única opção!

     A única resposta para esse grande questionamento é Jesus, o Mestre, Salvador e Redentor, do qual todos nós precisamos tanto.

     Enquanto nos calarmos todas as nações continuarão com o mesmo destino marcado e o questionamento continuará: Para onde vão as nações?

Semente de Amor

Semente de Amor

Uma das perguntas que mais ouvimos é sobre a forma que as pessoas podem ajudar na obra missionária. Sem dúvidas, existem muitas maneiras de se envolver com essa obra tão nobre e importante. 

Conheça a história de um garoto, no interior do estado do Paraná e seja inspirado a se envolver mais ainda.

Hope Foundation

Hope Foundation

A Hope Foundation é uma instituição cristã, sem fins lucrativos, que trabalha no Camboja com o resgate e a prevenção do tráfico e prostituição infantil, que tem feito diversas vítimas no país nos últimos anos. 

Conheça mais sobre este tão lindo trabalho e faça parte dessa missão tão importante na vida de diversas crianças.

Casa Esperança

Casa Esperança

Nas principais cidades de Burkina Faso, oeste africano, é comum ver crianças de diversas idade caminhando pelas ruas, pedindo dinheiro e trabalhando para algum Marabú (líder mulçumano). Essas crianças são chamadas de Garibous, ou meninos da lata.

A Casa Esperança trabalha para mudar a história de cada uma dessas crianças.

Conheça mais sobre esse trabalho e ajude a mudar a história de um menino Garibou.

Janela 10X40

Janela 10X40

A janela 10/40 é uma área de extenção terrestre que ocupa parte da Europa, África e Ásia.

Área esta onde se encontra a maior parte da população mundial que ainda não conhece a Jesus.

Conheça mais sobre isso.